Notícias

Participe da Nossa Oficina de Língua de Sinais

Segundo dados de uma pesquisa demográfica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizada em 2010, a porcentagem de brasileiros que declara ter deficiência auditiva é de 5,1% da população. Em números reais isso equivale a 9,7 milhões de pessoas com algum grau de deficiência para ouvir.

Dependendo do grau da deficiência auditiva, pode ser complicado tratá-la com algum aparelho ou mesmo cirurgia. Além disso, devemos levar em consideração o número de pessoas que não possuem condições para buscar soluções para essa deficiência, o que faz com que, se não conseguem se comunicar, percam parte da experiência social que as aguardam. Sendo assim entendemos a importância da Língua Brasileira de Sinais fazer parte do cotidiano de mais pessoas.

 

A comunidade Campuseros Club em parceria com a Universidades Federal da Bahia e o Núcleo de Letras vão promover 2 oficinas de introdução a Língua de Sinais durante a Campus Party Bahia.

Aprender LIBRAS é muito importante para a inclusão social e conseguirmos nos comunicar com os deficientes auditivos.

A oficina acontecerá nos dias 10/08 e 11/08 às 16:00hs na bancada da comunidade.

 

Aline Carvalho
Graduada em Psicologia pela Universidad de Chile, formou-se como Comissária de Vôo pela Escola de Aviação Skylab do Rio de Janeiro. Atualmente cursa Engenharia Civil pela Estácio de Sá. Astrônoma amadora, divulga e estimula interesse por ciências através das fanpages Astronautas da Net e Astrolovers. Finalista da Maratona de Negócios Sociais do SEBRAE 2014 com o projeto Planetário Móvel. Fundadora da comunidade Campuseros International Club que além de reunir participantes da Campus Party em 8 países, também é uma agência de viagens dedicada aos campuseros.

2 thoughts on “Participe da Nossa Oficina de Língua de Sinais

  1. gente, pelamor. LIBRAS é a LÍNGUA usada pelos SURDOS. e não linguagem dos deficientes auditivos. me socorre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *